Glaucoma

O glaucoma pode ser definido como uma lesão do nervo óptico, geralmente associado ao aumento da pressão intraocular. Trata-se de uma doença de caráter progressivo que pode levar a cegueira, caso não seja diagnosticada e tratada precocemente.

Glaucoma

Os sintomas geralmente são tardios, pois a perda visual é, inicialmente, periférica. Desta forma, é fundamental a avaliação periódica da pressão intraocular e do exame de fundo de olho, principalmente após os 40 anos.

 

Apesar de não haver cura, o glaucoma pode ser controlado, evitando assim a perda visual. O tratamento é baseado no uso de colírios que diminuem a pressão intraocular. Quando os colírios hipotensores não são mais efetivos, a cirurgia se faz necessária. Basicamente, esta  se baseia na confecção de uma fístula (Trabeculectomia) que aumenta a drenagem de humor aquoso (líquido presente no interior do olho), diminuindo a pressão intraocular. Outra alternativa são os Implantes de Válvula de Drenagem que geralmente estão indicados após a falência da trabeculectomia convencional.

Nos casos de glaucoma de ângulo fechado, a Iridotomia a Laser
é indicada para prevenção e tratamento do glaucoma agudo.